VIAJANDO NO TEMPO...e no espaço!

Junho 29 2009

A REPUBLICANIZAÇÃO NO CONCELHO DE ANSIÃO (1999)

 

 

A Republicanização no Concelho de Ansião foi o meu 3.º livro, publicado em 1999, com Prefácio do Dr. António Arnaut (que se iniciou como jurista precisamente em Ansião e é poeta, ficcionista, ensaísta, maçon e político que ocupou o cargo de Ministro dos Assuntos Sociais no II Governo Constitucional, tendo fundado, então, o Serviço Nacional de Saúde).
A República logo que se implantou, por via revolucionária na capital, tentou espa­lhar-se por todo o País. No entanto, a dimensão e organização do Partido Republicano, não podia satisfazer, em curto tempo, tantas solicitações: apoiar o Governo Provisório, vigiar e influenciar a elaboração da Constituição, preparar devidamente as eleições e republicanizar a província.
Por isso, esta última tarefa - a republicanização do país - coube tanto ao Partido Re­publicano, quanto à expansão maçónica e às associações de propaganda e defesa republi­cana, que, entretanto, se foram formando.
O presente trabalho, que esteve na base da tese de dissertação de mestrado, apresentada na Universidade do Minho (1999), debruça-se sobre uma destas associações, concretamente a Associação de Propaganda e Defeza Republicana do Concelho de Ancião, tendo por base a análise dos seus estatutos e dos 20 números que se conhecem do jornal O Cavador, que era o órgão oficial desta Associação, e que se publicou, a partir do n.º 2 com alguma regularidade, entre 20 de Agosto de 1911 e 5 de Outubro de 1912.
Como veremos, os responsáveis pela Associação pertenciam à elite intelectual, que passou pela Universidade de Coimbra, perfilhando alguns dos ideais da Geração de 70 e que, por razões de ordem profissional, vieram a fixar-se no concelho de Ansião. Afirmam-se, desde a primeira hora, apartidários, desinteressados pelas lutas eleitorais, crendo só no re­publicanismo e nos seus princípios doutrinários e democráticos que procurarão "infiltrar no povo de todas as aldeias do concelho", e, se possível, "(...) conseguir nos concelhos vizi­nhos a constituição de associações de igual natureza e promover a sua federação".
Apesar da efémera duração da Associação, alguns dos nomes dos seus dirigentes mais representativos, que fizeram obra relevante na Região e até no País, ainda hoje são lembrados, quer por terem sido dados a ruas das vilas de Ansião, Chão de Couce ou Avelar, quer por permanecerem como pontos de referência para as gentes das Serras de Ansião.
A educação infantil e popular, a questão religiosa e a separação das Igrejas do Es­tado, a luta contra os talassas, as festas populares, o combate à pobreza, a polémica da construção de linhas de caminho de ferro que servissem esta região, foram alguns dos pro­blemas que preocuparam e envolveram estes homens que se entregaram, de alma e coração, à propaganda e ao ideário republicanos, acreditando que o novo regime era o remédio para todos os males.
A Republicanização no Concelho de Ansião é uma das publicações indicadas entre os documentos a consultar para a História Parlamentar e Eleitoral da 1.ª República Portuguesa (1910-1926), como se pode ver no link:
 http://purl.pt/5854/2/roteiro_eleicoes_republica.htm
Daniel Melo também seleccionou esta publicação que fez constar da Bibliografia relativa ao Associativismo em Portugal, que complementa o artigo do mesmo autor sobre o lugar do associativismo voluntário português no contexto europeu, publicada na OBS – publicação periódica do OAC.

Aparece, igualmente, na lista de dissertações de Historiadores Portugueses Contemporâneos: http://www.brown.edu/Departments/Portuguese_Brazilian_Studies/ejph/html/issue2/html/mastersv1n2_main.html

publicado por viajandonotempo às 22:26

Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

16
18
19
20

21
22
23
25
26
27

28
30


ÍNDICE DESTE BLOG:
arquivos

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Tags

todas as tags

pesquisar
 
mais sobre mim
contador
blogs SAPO