VIAJANDO NO TEMPO...e no espaço!

Junho 17 2009

O MUNICÍPIO DE ANSIÃO NA PRIMEIRA REPÚBLICA (1998)

 

 

O Município de Ansião na Primeira República, com prefácio do insigne historiador Professor Doutor Vitorino Magalhães Godinho (ministro da Educação e Cultura dos segundo e terceiro governos provisórios), foi a 2.ª publicação da minha autoria, editado em 1998.
A Primeira República Portuguesa (1910-1926), ao contrário do que se possa pensar, não se ficou apenas por Lisboa. Um pouco por todo o país, a nova elite, farta de problemas, praticamente irresolúveis no quadro da gestão monárquica, aderiu esperançada ao regime republicano.
Homens de grande cultura e não menos fortuna (médicos, advogados, proprietários, comerciantes, funcionários públicos, professores) aderiram entusiasticamente ao novo regime e tudo fizeram para que o povo, saísse da tradicional ignorância em que a miséria o mantinha. A República afigurava-se como o melhor remédio para todos os males de que padeciam a Pátria e o Povo.
O concelho de Ansião, no centro de Portugal, foi um dos que revelou maior dinamismo, no Norte do distrito de Leiria, quer no que respeita à propaganda republicana, quer quanto à acção desenvolvida pelos agentes do poder local. Prova-o a larga adesão popular aos comícios e festas republicanas, as vitórias do Partido Democrático nas eleições administrativas e legislativas, o esforço assumido no campo do ensino e a luta pelo progresso e desenvolvimento do concelho.
Este livro é a primeira parte de um estudo mais vasto (a dissertação do Mestrado em História das Instituições e da Cultura Moderna e Contemporânea, também já publicada, permitiu estudar, com mais profundidade, o que foi a propaganda republicana, no concelho de Ansião, no contexto da Primeira Republica, as lutas políticas em torno da mudança estrutural das mentalidades que se pretendeu levar a efeito e as polémicas que desencadeou entre as facções republicanas locais - foi a 2.ª parte deste estudo), e tem como principal objectivo, dar a conhecer a realidade deste concelho no princípio do século (últimos anos da Monarquia e Primeira República), nos aspectos político, social, económico e cultural.
Na primeira década do século XX, quando se implantou a República, Ansião era uma pequena vila, sede de uma freguesia que não chegava a 2 500 habitantes, situada no Norte do distrito de Leiria, província da Estremadura, diocese de Coimbra. Era sede de concelho (com a dimensão actual, onde residiam cerca de 14 mil habitantes), de arciprestado e de comarca. Pertencia à 5.ª divisão militar, 10.ª brigada, grande circunscrição militar do Centro e ao distrito de recrutamento e reserva n.º 15, com sede em Tomar, e integrava a circunscrição escolar de Leiria. Servida pela estação ferroviária de Pombal, de que dista cerca de 20 quilómetros, tinha escolas primárias de ambos os sexos, uma estação telégrafo-postal com serviço de vales, telégrafo, encomendas e cobrança de recibos, letras e obrigações. No princípio do século, a vila de Ansião dispunha de Misericórdia, Hospital (com o nome de N.ª Sr.ª do Pranto), Tribunal, Cadeia, Hotel, Médico, Farmácia, Tabelião, Sociedades de Recreio, designadamente uma Filarmónica, um Club e o Gremio Ancianense.
Este livro é uma das publicações indicadas pela Biblioteca Nacional entre os documentos de referência a consultar para a História Parlamentar e Eleitoral da 1.ª República Portuguesa (1910-1926) cf. link:
http://purl.pt/5854/2/roteiro_eleicoes_republica.htm

 

publicado por viajandonotempo às 15:33

Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

16
18
19
20

21
22
23
25
26
27

28
30


ÍNDICE DESTE BLOG:
arquivos

Julho 2019

Junho 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Tags

todas as tags

pesquisar
 
mais sobre mim
contador
subscrever feeds
blogs SAPO